O tempo em que bastava que as empresas fizessem o anúncio de uma vaga nos classificados dos jornais e ficassem aguardando que os melhores candidatos aparecessem acabou. Hoje, o processo de recrutamento e seleção é uma estratégia fundamental das organizações que influência, inclusive, na economia e nos resultados do negócio.

Um dos desafios para os profissionais da área de Recursos Humanos passa a ser o de encontrar técnicas inovadoras e que sejam compatíveis com as exigências do mercado e da cultura da empresa onde atuam.

É fundamental otimizar os processos e economizar por meio de intenso planejamento e, por consequência, minimização de erros e de custos.

No que tange ao processo de recrutamento e seleção, avaliar os candidatos e extrair o máximo de detalhes que auxiliem no direcionamento da contratação nunca foi tão importante. Hoje esse processo deve, ainda, ser realizado em um período de tempo curto, afinal, a empresa deixa de ganhar dinheiro se demora muito a escolher um funcionário e a morosidade pode ocasionar também em perda de talentos para a concorrência.

Dessa forma, a nova exigência e forma de economizar é escolher um novo colaborador de forma rápida, mas sem comprometer a eficiência do processo. Isso é importante, inclusive, para evitar gastos, já que se a empresa selecionar um candidato improdutivo, por exemplo, terá que iniciar um novo processo de recrutamento.

Pensando nisso, preparamos o post de hoje com 5 dicas para a sua empresa economizar em recrutamento e seleção. Confira!

1. Faça uso da sua rede de contatos

Manter uma boa rede de relacionamentos é uma estratégia poderosa para ampliar diversos tipos de oportunidade. Utilize o seu networking e não tenha medo nem vergonha de pedir indicações de candidatos, essa é uma forma prática e benéfica para todas as partes: uma pesquisa recente mostrou que 85% de seus participantes conquistaram um trabalho por meio de sua rede de contatos.

Dessa forma, você irá economizar com o recrutamento. Mas, durante a seleção, não trate as indicações com nenhum tipo de privilégio; todos devem passar pelas mesmas etapas. Lembre-se de que essa é uma prática de trabalho colaborativa, um processo de construção que é regido por interesses mútuos. Então, para que seja sempre eficaz, adote o hábito de, quando requisitado, também oferecer bons candidatos.

2. Avalie gastos com consultorias versus plataformas de recrutamento

Para acompanhar o ritmo dinâmico estabelecido pelo mercado, a área de Recursos Humanos deve trabalhar cada vez mais voltada ao capital humano e ter como foco os resultados organizacionais. Muitas vezes, o quadro do setor não permite que os profissionais atuem como gostariam no processo de recrutamento e seleção por estarem envolvidos em outras atividades burocráticas.

Para lidar com esse cenário, muitas organizações transferem para consultorias a tarefa de recrutamento e seleção, já que essas empresas estão preparadas para atender à demanda e efetuar avaliações criteriosas e com o uso de ferramentas eficazes, como as entrevistas por competência e os processos customizados a cada vaga em aberto.

No entanto, esse tipo de prestação de serviço acaba tendo um valor elevado e a palavra da vez é economia. Surgem, então, como alternativas as plataformas de recrutamento, como a Gupy que alia a gestão de pessoas com a mais avançada tecnologia para auxiliar as empresas que querem contratar com precisão.

São softwares que otimizam o processo de seleção e realizam a triagem de maneira prática, ranqueando os candidatos de acordo com as informações para que os profissionais da área de RH possam selecionar aqueles que possuem os perfis mais compatíveis com o desejado pela empresa.

3. Utilize o número ideal de etapas de um processo seletivo

Um processo seletivo deve contar com as seguintes etapas para ser funcional: planejamento, atração e seleção.

O planejamento é a base de um processo de recrutamento e seleção assertivo e econômico. Nessa etapa você deve fazer o levantamento do perfil, descrever o cargo, determinar as atividades, as responsabilidades a remuneração, os conhecimentos e as habilidades necessárias. Dessa forma, o seu processo será muito mais focado e atrairá os candidatos certos, além de favorecer a retenção de talentos.

Após realizar todo o planejamento, você precisa atrair os candidatos por meio de algum tipo de anúncio, como networking, redes sociais, consultorias, etc.

De acordo com estudo, 79% dos candidatos a emprego provavelmente consultarão as mídias sociais em sua busca de emprego. Outro dado relevante é que 30% de todas as buscas realizadas mensalmente no Google estão relacionadas com empregos. Assim, a internet é uma forma efetiva e mais acessível para utilizar em sua estratégia de atração de candidatos.

Você deve realizar uma triagem inicial do material recebido antes de seguir com a seleção. Realize uma pré-entrevista por telefone, abordando alguns detalhes do currículo e verificando a postura e a expressão dos candidatos. Durante as entrevistas presenciais, faça perguntas estratégicas e invista em dinâmicas para afunilar a sua escolha e economizar tempo e recursos nesse processo.

4. Economize tempo com dinâmicas em grupo para processos seletivos

Dinâmicas de grupo, quando bem planejadas e executadas, geram uma economia de tempo muito maior do que as entrevistas realizadas individualmente.

Estabeleça dinâmicas nos seus processos seletivos que permitam que você perceba como cada candidato trata e interage com as demais pessoas, como é a sua comunicação e como ele compreende instruções. Assim, você já será capaz de eliminar muitos candidatos do processo e conseguirá focar apenas nos mais compatíveis.

As dinâmicas em grupo também podem ser utilizadas como uma ferramenta vivencial, na qual os candidatos devem solucionar situações parecidas com as que irá ser responsável, caso seja contratado. Dessa forma, você conseguirá ter uma amostra de como cada um reage diante dos obstáculos comuns do dia a dia.

5. Faça pesquisas de clima na sua empresa

Realizar pesquisas de clima organizacional melhora o clima, diminui os índices de turnover e, consequentemente, economiza tempo e recursos gastos com recrutamento e seleção.

Invista em pesquisas para elevar a motivação e a produtividade do seu time e para identificar pontos positivos de sua empresa quem podem ajudar a atrair candidatos para o seu processo seletivo.

O ritmo do mercado impôs fazer cada vez mais com cada vez menos recursos. E a área de recrutamento e seleção deve acompanhar essa exigência e ser cada vez mais assertiva, apostando em inovação e em criatividade para ajudar a empresa a economizar tempo e dinheiro.

E então, já sabe como economizar com recrutamento e seleção na sua empresa? Já está convencido de que a otimização desses processos tem impacto direto nos resultados do seu negócio? Então continue por aqui e  baixe grátis nosso e-book sobre pesquisa de clima e prepare-se para descobrir tudo sobre esse tema!

5 dicas para economizar em recrutamento e seleção
Classificado como:    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *