Além do conhecimento adquirido empiricamente ou mesmo durante a sua formação acadêmica, há uma fonte muito valiosa para atualização quanto à gestão de pessoas: os livros.

Não pense que esse meio está fora de moda. Grandes gestores possuem o hábito da leitura. Warren Buffett, por exemplo, utiliza cerca de 80% de seu tempo diário lendo; recentemente, Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, afirmou que lê um livro a cada duas semanas; Bill Gates apresenta habitualmente em seu blog recomendações de livros que ele leu.

Isso porque a informação é um ativo valioso e os conteúdos de livros de qualidade ajudam a ampliar nosso horizonte de conhecimentos, a percebermos oportunidades de melhoria, a nos atualizarmos quanto a métodos e inovações que desconhecíamos, por exemplo.

Então, pronto para juntar-se a esses gestores de sucesso e colocar a sua leitura em dia? Para ajudá-lo, preparamos 5 dicas de livros para melhorar a gestão de pessoas e o RH de sua organização. Confira!

1. Construindo Conhecimento: Estratégias de Gestão e de Desenvolvimento Humano e Organizacional

Nesse livro, o autor Paulo Henrique Paiva busca ajudar os profissionais de RH e interessados em gestão de pessoas a entenderem que o treinamento é, na verdade, um investimento no capital humano das empresas e um fator fundamental para o sucesso das organizações.

Paiva lembra, ainda, como a rotatividade de colaboradores é cara para as empresas e poderia ser reduzida ou evitada a partir de boas políticas de desenvolvimento de pessoas.

A obra traz dados científicos e colhidos a partir de cases reais, desenvolvendo uma visão sistêmica do treinamento organizacional e demonstrando como ele está ligado ao alcance de metas e resultados nas empresas. O autor fala sobre como o capital intelectual aumentado a partir dessas práticas torna as organizações mais competitivas e preparadas para a concorrência do mercado.

2. Gestão de Pessoas não é com RH

O José Luiz Bichuetti defende que um paradigma precisa ser quebrado: o de que a gestão de pessoas cabe exclusivamente ao RH. Bichuetti afirma que esse setor precisa assumir um papel mais estratégico nas empresas, mas que a gestão diária dos colaboradores deve ser realizada pelo gestor da área em que eles atuam.

Aqui novamente aparecerá a importância da gestão do capital humano como um ativo que não deve ser negligenciado pelas organizações e que deve ser gerenciado ativamente pelos líderes das empresas a fim de atrair, conquistar e reter talentos.

3. A Estratégia do Oceano Azul

Renée Mauborgne e W. Chan Kim são os autores desse livro que mostra-se fundamental para compreender as mudanças recentes no comportamento dos consumidores e para apontar caminhos de como as empresas podem encontrar novas oportunidades e mercados mesmo diante de uma crise. Os autores apresentam dicas de gestão para gerar diferenciação e maximizar oportunidades e reduzir os riscos.

Os princípios apresentados na obra podem também ser aplicados à gestão de carreiras, por exemplo, apontando caminhos para que os profissionais parem de tentar ser iguais a seus concorrentes e encontrem oportunidades em que suas habilidades e competências. serão fundamentais e os diferenciarão dos outros profissionais.

4. Inteligência Emocional

A inteligência emocional está entre as competências mais valorizadas nos profissionais – e há previsões de que essa posição seja consolidada também em 2017. O autor Daniel Goleman é referência na área e trata sobre esse tema emergente, apresentando pesquisas cerebrais e comportamentais que demonstram porque pessoas de QI alto podem fracassar e outras, com esse quociente menor, podem ter uma trajetória de sucesso.

Goleman mostra no livro como a inteligência emocional pode ser nutrida e fortalecida em todos nós e como ela é fundamental para as empresas e profissionais de hoje.

Você já deve ter ouvido a afirmação de que os profissionais são contratados por suas habilidades técnicas, mas desligados das empresas por questões comportamentais, certo? Essa máxima reflete um pouco do impacto da inteligência emocional e como ela pode ser um diferencial para os profissionais e para os resultados das organizações.

5. O Monge e o Executivo

Trata-se de uma obra já clássica, de James Hunter, sobre liderança. No livro, são abordados princípios sobre o que é ser um bom líder servidor, como obter o engajamento de equipes, como melhorar o relacionamento interpessoal e como inspirar e motivar pessoas. Uma obra fundamental para quem quer ser um líder de sucesso e empático e obter sucesso em sua trajetória profissional.

Além dos livros, você pode obter conhecimento e atualização também em nosso blog, com dicas novas toda a semana. Lembre-se de reservar um momento diário para a leitura, afinal, como dizia Benjamin Franklin,“investir em conhecimento rende sempre os melhores juros”.

5 livros para melhorar a gestão de pessoas que você deve ler
Classificado como:    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *